Depois do sucesso da Academia Canto em Trancoso 2015, evento pioneiro no Brasil, as associações culturais Mozarteum Brasileiro e Música em Trancoso continuam o seu trabalho de difundir a cultura musical a um número cada vez maior de pessoas e realiza a 2ª Academia Canto em Trancoso, em parceria com a Chorakademie Lübeck, da Alemanha.

 

Clique e confira como foi a 1ª Academia Canto em Trancoso.

 

Sua segunda edição acontecerá entre 3 e 9 de julho de 2016. O encerramento terá um concerto com todos os bolsistas no dia 9, último dia da academia, no Teatro L’Occitane , em Trancoso – Bahia.

 

Serão 6 dias de aulas gratuitas de técnica vocal e canto para 50 bolsistas,  jovens cantores de várias partes do Brasil, com o intuito de promover o aperfeiçoamento de interpretação e técnica de canto para jovens em fase de desenvolvimento de sua carreira e incentivá-los para seus estudos. Os repertórios previstos são Volkslieder e Madrigais.

 

As aulas serão ministradas por Rolf Beck, maestro e diretor artístico da Chorakademie Lübeck, Lucia Duchonova, Francisco Campos Neto (USP) e Ricardo Ballestero (USP).

Durante o Canto em Trancoso serão escolhidos bolsistas que estudarão na Chorakademie Lübeck, Alemanha.

 

Em 2015 o Canto em Trancoso recebeu 160 inscrições e ofereceu 50 bolsas de estudos. Seis bolsistas selecionados foram para a Alemanha em março de 2016, para estudar na Chorakademie Lübeck.

 

Para participar:

 

– É preciso ter entre 17 e 28 anos.

 

– Se inscrever entre 1 de abril e 2 de maio, exclusivamente pelo site www.mozarteum.org.br.

 

– Gravar um vídeo de no mínimo cinco minutos e máximo de dez minutos de interpretação do repertório abaixo, com acompanhamento obrigatório de piano. O vídeo deve conter uma apresentação pessoal em inglês com as seguintes informações: nome, idade, naipe e suas expectativas para a Academia.

 

1 ária de Bach ou Mozart ou Handel + 1 ária de livre escolha

 

Processo de seleção:

 

– Os 50 melhores colocados, entre todos os inscritos, receberão bolsas de estudos completa (transporte aéreo ou terrestre, hospedagem e alimentação em Trancoso);

 

– Os nomes serão divulgados após o dia 2 de junho.

 

A Academia:

 

– A permanência em Trancoso será de 2 a 11 de julho;

 

– As aulas serão ministradas por Rolf Beck, maestro e diretor artístico da Chorakademie Lübeck, Lucia Duchonova, Francisco Campos Neto (USP) e Ricardo Ballestero (USP).

 

Durante o Canto em Trancoso serão escolhidos bolsistas que estudarão na Chorakademie Lübeck, Alemanha.

 

Sobre o Mozarteum Brasileiro

 

35 anos dedicados a projetos educacionais e à promoção da música clássica

Fundado por Sabine Lovatelli e Claude Sanguszko em 1981, o Mozarteum Brasileiro surgiu com o compromisso de levar a todos os públicos o que há de melhor no mundo da música e da dança, tanto clássica quanto contemporânea. Instituição sem fins lucrativos, tornou-se em pouco tempo uma das mais importantes associações culturais do país. A produção de grandes concertos é apenas uma das atividades que posicionam o Mozarteum entre as principais entidades promotoras da música clássica. Com o Projeto Mozarteum, desenvolve atividades educativas voltadas ao aprimoramento musical de jovens talentos e à formação de plateias, por meio de masterclasses, palestras no Clube do Ouvinte, matinês para crianças e concertos ao ar livre. Os programas de integração entre músicos brasileiros e estrangeiros e bolsas de estudo para jovens nas melhores academias internacionais, promovidos pelo Mozarteum, já beneficiaram cerca de 200 estudantes de música e canto. Ao longo de sua trajetória, a instituição já trouxe ao Brasil algumas das maiores orquestras do mundo, como as filarmônicas de Berlim, Viena, Munique e de Nova York; respeitadas companhias de dança, como o Bolshoi e o New York City Ballet, e também solistas, grupos de câmara, coros e regentes de prestígio internacional.

 

Sobre a Chorakademie Lübeck

 

A Chorakademie Lübeck varia em tamanho, dependendo da obra a ser executada e do país onde se apresenta. Mas não varia na busca constante por novos cantores ao redor do mundo. Autônoma, identifica oportunidades para criar um novo e independente perfil, firmando-se como um pool de talentos que visa atingir a excelência. O coral está em seu melhor nível técnico desde 2002, quando começou como parte do Schleswig-Holstein Music Festival. Seus solistas simbolizam uma ideia internacional livre e unificada que vai além de fronteiras e diferenças raciais, motivada pelo senso de filosofia e processo criativo comum.

 

Sobre Rolf Beck

 

A magnífica premiere mundial de St. Luke Passion, de Penderecki, na Münster Cathedral da Alemanha em 1966 foi decisiva para o então jovem estudante de Direito Rolf Beck perseguir seu entusiasmo pela música clássica. Após se formar advogado, ele começou a estudar com Helmuth Rilling e, em 1972, fundou o Marburg Vocal Ensemble, que logo ganhou vários prêmios nacionais e internacionais e se tornou um dos principais corais alemães. Beck também fundou o coral da Bamberg Symphony Orchestra, que teve performance de sucesso similar. Como diretor artístico do Schleswig-Holstein Music Festival, criou uma academia coral para o evento em 2002, que participou de várias turnês na Alemanha e no exterior. Em 2014, o grupo se tornou a Chorakademie Lübeck.

 

 

Please reload

Featured Posts

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Recent Posts

May 15, 2016

May 11, 2016

May 11, 2016

Please reload

Archive
Please reload

Search By Tags